Menu Principal

Lições que você deveria aprender antes de comprar imóvel

Está pensando em comprar imóvel e não sabe por onde começar? Aqui está o caminho

Quando pensamos em nos mudar, ou comprar um imóvel novo, levamos muitas coisas em consideração: a vizinhança, o valor do imóvel, a valorização da região e etc.

Pensamos nos eletrodomésticos que poderão ser aproveitados, do que precisará ser substituído, mas não pensamos nos problemas – ou melhor, em evita-los.

Afinal, muitas vezes estamos comprando um imóvel pela primeira vez, ou ainda somos um tanto quanto inexperientes nesse ponto. Por isso, nunca é demais aprender algumas lições antes de comprar nosso imóvel.

#1. Comprar um imóvel é como comprar um carro usado

Para muitos, comprar um imóvel é a mesma coisa que alugar um imóvel. Mas, na verdade, comprar um imóvel está mais para a compra de um carro usado, e não como alugar um novo apartamento.

Precisamos fazer perguntas, olhar sob o capô, e dar uma pequena volta, para ver como ele responde à nossa expectativa.

Não tenha medo de parecer ser um chato e prestar atenção aos mínimos detalhes. Muitas pessoas acabam compreendo um imóvel, acreditando que está tudo bem, quando na verdade existem milhares de reparos a serem feitos.

Comprar um imóvel é muito parecido com comprar um carro usado.

Comprar um imóvel é muito parecido com comprar um carro usado.

#2. Ligue todos os 5 sentidos (e o sexto, se você tiver)

Use todos os seus sentidos. Preste atenção aos ruídos, ao olfato, à problemas que você pode ver se prestar um pouco mais de atenção.

Quando você estiver olhando um imóvel, faça uma visita minuciosa, sem medo de mostrar que está buscando por possíveis problemas ocultos que amanhã ou depois podem acabar causando uma grande surpresa.

E, quando falamos para usar os sentidos, estamos falando a verdade. Olhe debaixo das camas, empurre os móveis, bata nas paredes e azulejos para ver o estado da construção, observe entre as prateleiras e os eletrodomésticos.

O seu corpo fala com você. Aprenda a escutar sua audição, olfato, paladar, tato e, até mesmo, seu sexto sentido, se você tiver.

#3. Use profissionais qualificados

Existem 2 erros cruciais que um vendedor pode cometer antes da compra de um imóvel. Um deles é não fazer com que o imóvel passe por uma inspeção. O outro é não olhar você mesmo o imóvel que vai passar uma grande parte de sua vida.

Por melhor que seja o imóvel, não confie tanto assim em sua aparência. As aparências enganam.

Não se apaixone por nenhum imóvel antes de assegurar que ele está em boas condições e, andes de você mesmo dar uma olhada para saber quais são as possibilidades.

Obviamente, a sua vistoria não vai diminuir a necessidade de uma inspeção, mas pra que você vai chamar um inspetor para o imóvel se, não gostar do que viu?

Por outro lado…

#4. Não caia de amores

Quando for comprar uma nova casa, deixe o seu coração na porta. O amor à primeira vista é tão fácil, especialmente quando você está buscando um investimento maior para morar.

Muitas vezes os milhares de benefícios, o espaço maior, a garagem para mais carros soa como música para nossos ouvidos.

Mas, não faça as contas com o seu coração. Pense com a cabeça e mantenha-se fiel ao seu orçamento mensal. E não procure por casas ou oportunidades que estejam além do que você pode pagar.

Esse acaba sendo o caminho mais rápido até a decepção.

Não caia de amores pela casa antes de saber se ela é o que você realmente precisa.

Não caia de amores pela casa antes de saber se ela é o que você realmente precisa.

#5. Não ceda à pressão

Muitas transações imobiliárias intermediadas por terceiros têm ocorrências desse tipo de pressão.

Todo mundo já ouviu de um corretor que essa é a casa “perfeita”, “casa dos sonhos” e outros detalhes.

Algumas pessoas acabam cedendo ao discurso do corretor imobiliário, com superlativos e outros gatilhos que colocam os compradores em uma situação delicada: ou compram o imóvel, ou correm o risco de perder a oportunidade.

Se você foi pressionada por corretores com frases como: “se tiverem interessados, precisam fazer uma oferta até hoje à noite”, não se preocupe. Isso é só pressão para vender.

Não ceda à pressão. Pense e demore quanto tempo você precisa para decidir – ou não – sobre a compra.

Não deixe que nenhuma pressão exterior force você a tomar uma decisão induzida pelo medo. Muitas vezes já existem personagens demais envolvidos na transação (cônjuge e família), e você não precisa da pressão de terceiros.

Lembre-se dessas dicas e tenha um prazo

Você já sabe algumas lições valiosas e poderosas que vão ajudar você a comprar e encontrar o seu novo imóvel.

Por outro lado, crie metas atingíveis e tenha um prazo. A busca por imóvel tem um prazo médio de 12 semanas. Uma vez que você teve sua oferta aceita, pode demorar mais um tempo até que você assine o contrato de compra e venda.

Dito isso, não planeje o futuro muito adiante.

É melhor dedicar um tempo buscando o imóvel certo para você, do que aceitar algo que não te agrada por conta do tempo. Se você já estiver pronto para começar suas buscas, temos ofertas imperdíveis de imóveis para você.