Menu Principal

Direto com proprietário ou imobiliária?

Está querendo vender, comprar ou alugar e ainda tem dúvidas de como fazer esse processo? E aí, o que é melhor, direto com proprietário ou imobiliária?

Transações imobiliárias podem ser uma dor de cabeça para qualquer um. Algumas pessoas aconselham procurar uma imobiliária e outras aconselham que o processo seja feito de forma independente. Montamos essa lista para te auxiliar a decidir, vem nesse artigo que até o final você saberá o que fazer com seu imóvel!

Transação com a imobiliária

Visitas

Tanto para comprar quanto para vender, o número de visitas que você está disposto a realizar pode impactar no quão rápido é a negociação. Quanto mais pessoas visitando o imóvel, maior a chance de identificação.

Segurança

Imobiliárias contam com um time preparado para lidar com situações burocráticas e evitar que você perca seu tempo e dinheiro. Essa equipe consegue verificar com maior facilidade questões impeditivas como análise de crédito.

Ganho de tempo

O corretor busca otimizar seu tempo, ou seja, ele mesmo busca pelos imóveis e te apresenta, fazendo com que você só precise comparecer nas visitações.

Serviços adicionais

As imobiliárias costumam contar com parceiros que facilitam em vistorias e reformas, ou seja, eles te dão acesso –e às vezes incluso no valor pago– para profissionais que vão melhorar as condições do imóvel ou apenas checar com maior cuidado.

Transação direto com o dono

Visitas

Com tecnologias de imagens em alta resolução, vídeos, drones etc.. diminui a necessidade de visitas físicas ao local, o que pode facilitar a vida de ambas as partes. Ao ver as fotos do imóvel já é possível dizer se ele se adequa ou não a sua busca.

Anos atrás os proprietários ainda morando nas casas precisavam passar pela inconveniência constante de alguém visitando acompanhado de um corretor. Hoje, podemos diminuir consideravelmente essas visitas e fazendo com que pessoas interessadas e imóveis alinhem suas expectativas.

Segurança

A segurança de uma imobiliária pode ser questionável quando consideramos seus interesses. Mas para uma negociação independente o ideal é um advogado imobiliário de sua confiança, e que ambos lados tenham um à sua disposição.

Como contamos nesse post, o advogado imobiliário elabora todo o contrato, analisa documentos e verifica o histórico do imóvel, indicando possíveis dívidas herdadas. Ele pode, inclusive, te ajudar a economizar 6% do valor do imóvel, o que em média equivale de 30 a 130 mil.

Ganho de tempo

Sem um intermedio, você escolhe imóveis ou possíveis compradores com o perfil adequado, não há insistência de terceiros para realizar uma compra que não combina com o que procura ou com um valor muito superior/inferior.

Serviços adicionais

Transações independentes demandam que você responsabilize-se por tudo, inclusive pelo profissional adequado para vistorias e inspeções o que pode ser um investimento de tempo já que essas atividades serão realizadas por alguém da sua confiança.