Menu Principal

Como fazer um consórcio imobiliário

pd_posts_21out_01_blog

 

A decisão de comprar um imóvel sempre vem acompanhada da pergunta: como pagar? Na maioria dos casos, o comprador procura por crédito imobiliário por não ter a possibilidade de quitar a propriedade à vista. Se a pressa não é parte desta iniciativa, a forma mais indicada de negociação é o consórcio.

Como funciona

Indicado para quem pode esperar, este tipo de venda imobiliária funciona assim: uma instituição financeira irá reunir e administrar um grupo de pessoas, que possuem o objetivo comum de comprar um imóvel. Esses compradores pagam parcelas mensais à administradora, que gerencia o dinheiro. Com a quantia acumulada, fica mais rápido atingir o valor de um imóvel e, quando isso acontecer, será sorteada a primeira pessoa beneficiada pelo consórcio.

Como entrar

Para entrar em um consórcio, o interessado deve pesquisar e encontrar o banco que apresente as melhores condições de pagamento. O consórcio começa apenas quando a instituição financeira encontrar o número mínimo de pessoas para participar.

Duração

Geralmente, os consórcios costumam a durar de 10 a 15 anos. Por isso, é preciso que o comprador não tenha pressa, pois pode tanto dar sorte e levar o imóvel no início, quanto esperar anos para efetivamente possui-lo.

Parcelas

Para cobrar as parcelas mensais, a administradora envia um boleto à residência do comprador, com informações sobre o consórcio, como o número de sorteados no mês. Não há juros, no entanto, a instituição cobra uma taxa administrativa, que sofre reajuste anualmente.

Sorteios

Os sorteios são feitos todo o mês e o número de contemplados depende de cada administradora e do número de pessoas que participam do consórcio. Quanto maior o grupo, mais rápido se chega ao valor do imóvel e, consequentemente, mais compradores são sorteados.

Lances

Além dos sorteios, há outra forma de ser contemplado: através de um lance. Neste caso, o comprador oferece uma quantia, que será aplicada como adiantamento das parcelas. O participante leva o imóvel se fizer o maior lance.

Desistência

Se por algum motivo o comprador desistir do consórcio, ele poderá: passar a sua participação para outra pessoa, procurar outro bem disponibilizado pela administradora ou pedir a exclusão do consórcio à instituição. No último caso, o participante deverá pagar multa, bem como esperar ser sorteado para receber o dinheiro aplicado nas parcelas anteriores.