Menu Principal

A vizinhança que você deve evitar ao comprar uma casa

Você está pensando em comprar uma nova casa? Confira a vizinhança que você deve evitar a qualquer custo

Quando pensamos em comprar uma nova casa, ou a nossa primeira casa, queremos um lugar que seja aconchegante, acolhedor e, que nos proporcione momentos de descanso.

Mas, muitas vezes acidentes inesperados acontecem e, o sonho de um novo lar, pode ser comprometido por vizinhos indesejáveis que, não apenas podem ser pessoas inconvenientes que perturbam a sua paz.

Quando falamos em vizinhança, falamos sobre tudo que cerca a sua casa. E, justamente por isso é difícil saber o que evitar para que a sua nova casa traga-lhe o que você realmente deseja e, não dores de cabeça.

Por esse motivo, quando você, tenha em mente esses pequenos detalhes e, fuja desses vizinhos hostis quando estiver buscando uma casa.

#1. Barulho de rodovia

Se a sua nova casa for perto de estradas, rodovias ou ruas movimentadas, a melhor maneira de saber se você terá muitos ruídos e problemas é caminhar pelo bairro pela manhã, principalmente se a umidade estiver alta.

Os ruídos se movem mais rapidamente através do ar úmido. Pode ser surpreendente o quanto podemos nos sentir próximos de uma estrada, mesmo que ela seja distante, quando o som se transporta rapidamente até você.

#2. Ruído industrial

Faça um passeio ao redor da vizinhança para procurar por atividades industriais. Dê especial atenção para as grandes construções metálicas com portas de rolagem.

As portas podem estar fechadas durante o inverno ou frio, escondendo o barulho que vem de dentro, mas durante o verão, quando as portas estão abertas, você poderá se sentir no meio da linha de produção de uma empresa, mesmo estando no seu quarto.

Este problema está em crescimento, normalmente em imóveis residenciais que são construídos em terras que antes eram reservadas para zonas industriais.

As indústrias podem ser péssimos vizinhos para sua nova residência.

As indústrias podem ser péssimos vizinhos para sua nova residência.

#3. Tráfego industrial

Onde há indústria, há carretas que fazem cargas e descargas. Há também grande quantidade de trabalhadores indo e vindo.

Se há um parque industrial perto de onde você quer viver, de uma volta pela vizinhança e veja como é a rotina de trabalho do seu bairro.

A pergunta que você precisa responder é: o tráfego e a confusão é grande a ponto de você se arrepender da mudança? Se você hesitar na resposta, talvez seja preciso reconsiderar a sua decisão.

#4. Pátios ferroviários

Um pátio ferroviário próximo pode parecer nada mais do um grande espaço aberto silencioso. Mas, as manobras de locomotivas em marcha lenta pode fazer um barulho muito alto, especialmente tarde da noite ou durante os períodos de alta umidade.

#5. Sucatas

Sucatas como madeiras, minas de cascalho, pedras e outros entulhos, há algum tempo atrás só existiam em lugares tranquilos, fora da cidade, mas aos poucos elas estão invadindo bairros e localidades centrais.

Além de fazer uma movimentação rápida através de sua vizinhança, digitalize algumas imagens do Google Earth para ver onde o as sucatas e entulhos levam.

#6. Caixas d’água

Uma caixa d’água normalmente é recarregada durante a noite, quando a demanda é menor. Às vezes, a recarga pode ser tão silenciosa que você não saberia que a torre está mesmo lá.

Outras vezes, o bombeamento de água produz uma pulsação constante que vai deixá-lo maluco. Os vizinhos não são uma boa fonte para se perguntar, porque podem ter se acostumado ao evento.

Por isso, verifique a área sozinho, à noite.

Caixas d'água podem ser desagradáveis como vizinhas.

Caixas d’água podem ser desagradáveis como vizinhas.

#7. Os negócios invisíveis

Uma empresa que opera em um bairro residencial pode ser invisível e inaudível.

Ou poderia ser um incômodo definitivo, ainda que perigoso, com líquidos inflamáveis ​​mal armazenados ou trânsito de caminhões trafegando até chegar a rua onde seus filhos vão estar andando de bicicleta.

Procure atentamente antes de tomar sua decisão

Muitos desses vizinhos vão conviver com você por muito tempo se, ocasionalmente estiverem presentes em seu novo bairro.

Antes de decidir-se pela compra, desconfie também de localidades em que o preço está muito abaixo da tabela, porque pode vir com surpresas indesejáveis.

Além de fazer um raio-x da vizinhança, procure na internet informações sobre seu novo bairro. Você pode encontrar ainda informações sobre violência, incidência de uso de drogas e outras informações omitidas pelos vizinhos.

A melhor maneira de identificar esses vizinhos destruidores é cruzar sua nova vizinhança durante o expediente. Procure materiais armazenados fora da garagem, número incomum de carros estacionados, paletes e caixas empilhadas.

Como já diziam nossos avós, é melhor prevenir do que remediar. Portanto, é melhor descobrir tudo que você puder sobre a sua vizinhança para não ter surpresas desagradáveis.