Menu Principal

Seguro fiança, fiador e caução. Quais são as diferenças?

Quando decidimos por alugar um imóvel existem algumas burocracias envolvidas, afinal um contrato de aluguel é um compromisso firmado entre locador e locatário. Então é preciso que exista uma garantia de que o valor desse aluguel será pago e isso é feito através de fiador, seguro fiança ou depósito caução. A forma mais utilizada é o fiador, que é uma pessoa que vai arcar com a dívida caso o inquilino não pague o aluguel.

garantia

                                    Imagem fonte: http://blog.dominusauditoria.com.br/

Porém, em muitos casos o fiador não é a melhor opção para o locatário, e agora, quais são as outras opções? Qual delas se encaixa melhor para a sua situação?

E para o locador, qual será a melhor opção?

Confira cada uma delas:

Fiador
O fiador é uma pessoa que deve possuir um imóvel localizado na mesma cidade do imóvel que vai ser alugado. Ele também deve apresentar uma lista de documentos.
É esse fiador que, em caso de inadimplência do inquilino, vai arcar com a dívida. Porém, é necessário que o proprietário entre com uma ação judicial para receber essa quantia do fiador.
Porém, essa pode não ser uma alternativa para quem está se mudando de cidade e/ou não possua parentes ou amigos que residam na cidade e possam exercer essa função.

Seguro Fiança
O seguro fiança é feito por meio de uma seguradora, onde o inquilino paga um valor mensal e, caso por algum motivo deixe de pagar o aluguel, a seguradora pagará o valor referente ao proprietário.
Essa opção exige que o inquilino disponha de uma quantia para pagar o aluguel e o seguro, porém caso ache que o valor mensal a ser pago juntando os dois fique alto, uma alternativa é negociar o valor do aluguel para que ele fique um pouco mais baixo.
Geralmente o valor anual pago nesse seguro é de, em média, um aluguel e meio e esse montante não é devolvido no término do contrato.
O seguro fiança é uma boa opção para quem não possui um fiador na cidade em que está alugando o imóvel.

Depósito Caução
O depósito caução é feito em uma poupança conjunta (proprietário e inquilino) no valor de três aluguéis, e só é possível ter acesso à essa quantia com a autorização do locatário e do locador, ou por meio de autorização judicial. Em caso de não pagamento do aluguel por parte do inquilino, o proprietário pode ter acesso à essa quantia, porém, como depende de decisão judicial, isso pode ser demorado.
Ao final do contrato, caso não haja nenhum problema de inadimplência, o locatário recebe de volta o valor total da quantia depositada.

E aí, qual a melhor opção para você? Que tal buscar um imóvel para alugar ou anunciar o aluguel do seu imóvel na ProprietárioDireto!

Colaboração www.moraeslerio.com.br/

 

 


Anuncie-seu-imovel-botao (1)