Menu Principal

Dicas para comprar o primeiro imóvel

Vai comprar o primeiro imóvel? Aqui estão algumas dicas que serão úteis para uma boa compra

Comprar um imóvel é um grande desafio. Afinal, é preciso conciliar vários fatores, como verba disponível para investimento, localidade, tipo de imóvel e outros detalhes que, podem transformar a compra em um bicho de 7 cabeças até para os mais experientes.

Realmente, a compra de um imóvel não é uma decisão fácil de ser tomada. E nem deveria. Estamos falando de um bem de alto valor e, que pode fazer parte da sua vida por muito tempo.

Por isso, se você está se preparando para comprar seu primeiro imóvel, aqui estão algumas detalhes que você deveria levar em conta para não ter dores de cabeça.

#1. Saiba quanto você pode pagar

O primeiro passo de qualquer compra – seja de imóveis ou não – é determinar o seu orçamento.

Se você souber quanto poderá pagar pela sua casa, ficará mais fácil encontrar o imóvel certo para você e, não vai perder tempo visitando e buscando imóveis que estão fora da sua faixa de preço.

Por isso, é importante conversar com seu gerente e saber qual o valor você tem à sua disposição caso precise de um financiamento imobiliário.

Por outro lado, é recomendado que você tenha algum valor para dar de entrada e, conseguir desconto e abatimentos em taxas de juros e condições de financiamento.

Depois que você estiver estabelecido o valor do seu imóvel, com base em sua poupança e acesso à financiamento, você pode começar a buscar por imóveis compatíveis com a sua condição financeira.

#2. Conheça as tendências do mercado

Mesmo com uma ideia clara de sua própria situação financeira, muitas pessoas não conseguem prestar atenção no quadro geral. Se você está ansioso para comprar um imóvel apenas por conta da sua renda no momento, tome cuidado.

O mercado imobiliário flutua. Às vezes ele favorece aqueles que procuram imóveis para comprar – um mercado para compradores.

Outras, ele pode favorecer aqueles que querem vender os imóveis – um mercado para vendedores. Essa flutuação acontece por diversos fatores e, por isso você precisa estar ciente da situação do mercado no momento da compra.

Leia veículos do mercado, estude taxas e variações do mercado imobiliário, crescimento do setor e inflação para saber se o momento está propício para vender ou comprar imóveis.

Conhecer as tendências do mercado imobiliário vai fazer você estar preparado para comprar o imóvel  certo.

Conhecer as tendências do mercado imobiliário vai fazer você estar preparado para comprar o imóvel certo.

#3. Não considerar o valor de revenda

Como comprador, o processo de venda de uma casa pode não passar pela sua cabeça. Depois de fazer a difícil decisão de comprar a sua primeira casa, você pode se sentir obrigado a viver ali para sempre.

No entanto, a vida é feita de mudanças inesperadas. Transferências de trabalho, doenças familiares, um casamento, além de outros fatores. E, nesse caso, a venda do seu imóvel ajudaria a comprar outra casa?

Durante a compra de um imóvel, você está fazendo um investimento, por isso, seria um erro ignorar essas questão.

Quando você for comprar um imóvel, tendo ou não a intenção de vende-lo posteriormente, tenha em mente que você está assumindo um risco e, por isso é bom saber o valor de revenda e  possíveis valorizações no imóvel.

#4. Não deixe de inspecionar o imóvel escolhido

Depois que você encontrou o imóvel que parece ser o ideal para suas necessidades, não parta para um contrato logo de início.

Se você acha que achou o imóvel certo, levando as dicas em consideração, faça a devida inspeção. Se o imóvel for usado, você pode encontrar problemas escondidos que, nem mesmo o vendedor tem ciência.

Por outro lado, se for um imóvel comprado na planta, a inspeção vai assegurar que você recebeu tudo que comprou no contrato de compra.

De qualquer maneira, comprar um imóvel é um investimento de longo prazo e, você não deve deixar de inspecioná-lo para garantir que não terá surpresas pelo caminho.

#5. Não se esqueça dos custos ocultos na compra do imóvel

Se tudo ocorreu conforme o planejado até aqui, você pode estar fechando um acordo e chegar ao final da jornada de compra do seu primeiro imóvel. Aqui você pode cometer o erro de pensar que agora está tudo sob controle.

Por trás do contrato de compra e venda, existem taxas que cobrem diversos detalhes e custos burocráticos e que podem passar desapercebidos pelos compradores de primeira viagem.

Por isso, é muito importante contar com um advogado, que é o profissional adequado para orientar o comprador e, pedir orientação antes de assinar o contrato de compra e venda às cegas.

Os custos de um advogado podem ser muito menores do que as taxas embutidas no contrato e que, muitas vezes podem ser ilegais.

Por outro lado, alguns custos podem ser compartilhados entre comprador e vendedor e, não necessariamente são de responsabilidade do comprador. Certamente o conselho de um advogado vai valer a pena.

Seus gastos não se resumem a pagar o preço do imóvel. Não se esqueça disso.

Seus gastos não se resumem a pagar o preço do imóvel. Não se esqueça disso.

Agora você está pronto para comprar seu imóvel

A compra de um imóvel é uma tarefa longa, que precisa ser encarada com calma e paciência. A calma vai possibilitar que você encontre as melhores oportunidades para comprar.

Com essas dicas em mente, você está preparado para comprar seu primeiro imóvel. Mas nãos e esqueça de tê-las sempre em mente, não importa o quão experiente você possa ser com imóveis.

Muitas vezes a experiência nos dá uma falsa sensação de segurança e, acabamos sendo negligentes com pontos-chave para a compra de um imóvel.

Independentemente de você ser um jovem em busca do primeiro imóvel, ou uma pessoa na terceira idade, as dicas vão ajudar.

Agora que você já sabe o que deve fazer antes de comprar o seu primeiro imóvel, aproveite e compre seu primeiro imóvel em São Paulo. Você terá a oportunidade de fazer negócio direto com o vendedor, sem intermediários.