Menu Principal

Como investir dinheiro?

como-investir-dinheiro.O mercado financeiro até é complicado, mas está aberto a quem quiser se aventurar nele. Ok, mas, como investir dinheiro? Por onde começar? Quais os tipos de investimentos mais recomendados para principiantes? Conversamos com o gestor de fundo de investimento Dawston Carvalho dos Santos, que é administrador de empresas pela FGV e atua no mercado financeiro há quase 20. Veja abaixo a entrevista e tire essas e outras dúvidas sobre como investir dinheiro.

Qual o tipo de investimento mais procurado hoje no Brasil?

O investimento mais tradicional no Brasil é a poupança. A poupança ainda é vista como a opção mais segura por boa parte da população, embora o retorno seja baixo. As pessoas ainda preferem abdicar de retorno por mais segurança.

Quero investir. Tenho de ter um valor mínimo obrigatório para começar?

Não. Hoje em dia existe uma modalidade de investimento que se chama Tesouro Direto (www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto). É uma forma desenvolvida pelo próprio governo federal em que você pode comprar títulos do governo federal pela internet. Antes você conseguia ter acesso a esse tipo de investimento via fundos de investimento, os quais tinham um limite mínimo de investimento, que na maioria das vezes era alto. Nos últimos 12 anos o Tesouro Direto se tornou bastante popular, pois você pode começar a investir a partir de R$30.

Quais os investimentos mais recomendados para iniciantes?

Tudo depende do perfil e idade da pessoa. Para pessoas mais jovens é sempre aconselhado ter alguma parte da carteira de investimento pessoal em ações, pois ai você tem uma perspectiva de ter um ganho maior, mas há um risco de perda maior também. E nesse caso ações de empresas com perspectivas de crescimento são as mais recomendadas. Já para uma pessoa aposentada, com um horizonte de vida menor, não faz muito sentido ter investimento em ações. Essa pessoa deve procurar aplicações mais seguras, renda fixa, por exemplo. Se decidir investir em bolsa, uma boa opção é investir em ações com boas perspectivas de pagamento de dividendos.

Quais os investimentos mais recomendados para quem não tem muito dinheiro?

Nesse caso, as opções do Tesouro Direto são as mais recomendadas, com certeza.

5. Quais os investimentos mais arriscados? E quem não entende muito do mercado deve evitá-los?

Os investimentos com maior nível de risco, com maior volatilidade, são os derivativos. Depois vem o mercado de renda variável. Acho que se a pessoa não tem familiaridade com esses tipos de investimento, deve fazê-lo sempre de forma assistida. Nesse caso, recomenda-se buscar fundos de investimento.

Quero começar a investir: por onde começar?

A primeira coisa que uma pessoa deve fazer é se perguntar: quanto estou disposto a perder? Feito isso a pessoa deve planejar a carteira dela. Pessoas com baixíssima disposição à perda devem procurar o Tesouro Direto ou um fundo de renda fixa. Nesse último caso, sempre se atentar à taxa de administração que é cobrada pelo fundo. Isso é muito importante. Se a pessoa tem uma disposição a alguma perda, deve aplicar parte dos recursos em renda variável. Nesse caso, é interessante saber que, para pessoas de alta renda, hoje já existem fundos que aplicam em mercados fora do Brasil. A terceira situação é na qual a pessoa tem muita disposição ao risco. Ai o mercado de renda variável é o mais recomendado. Muitas pessoas resolvem investir em bolsa de ações diretamente, mas essa alternativa é somente para quem tem muita familiaridade e que conhece muito bem as empresas. Na maioria dos casos, recomenda-se fundo de investimento em ações.

Tenho um imóvel alugado que me fornece uma renda fixa mensal. No cenário brasileiro atual, compensa vender este imóvel e aplicar o dinheiro?

Se a pessoa tem uma perspectiva que aquele imóvel não se valorizará acima da inflação, recomenda-se muito o investimento em títulos federais de renda fixa. Existe um tipo de titulo federal que se chama NTN-B que remunera inflação (IPCA) mais uma taxa fixa, hoje em torno de 6% a 6,50% ao ano.

** DAWSTON CARVALHO DOS SANTOS, GESTOR DE FUNDO DE INVESTIMENTO, FORMADO EM ADMINISTRAÇÃO PELA FACULDADE GETÚVIO VARGAS (FGV) E ATUA NO MERCADO FINANCEIRO DESDE 1997.