Menu Principal

Como agregar mais valor ao seu imóvel à venda

Pequenas ações, como pintar as paredes e trocar azulejos quebrados, que custam pouco e deixam seu imóvel à venda bem mais atrativo. Veja o que fazer antes de vender sua casa ou seu apartamento.

como-valorizar-imovel-vendaSe a propaganda é a alma do negócio e uma imagem vale mais que mil palavras, nada mais lógico que deixar a aparência falar por você na hora de vender seu imóvel. Pequenas mudanças podem não custar tanto em comparação à valorização que elas trazem para o valor do imóvel. Veja quais são elas:

Arrume o que estiver te incomodando

Se algo está te incomodando, como uma porta emperrada, interruptor solto ou fechadura quebrada, arrume. O problema vai incomodar ainda mais o comprador do imóvel, que não está acostumado e não sabe “dar aquele jeitinho” para lidar com o detalhe. A má impressão da porta que pega no chão pode exercer uma má influência na decisão final da compra, mesmo que o resto esteja em perfeita ordem.

Troque as velharias

Troque tudo que está velho, encardido ou desgastado. Comece pelo piso. Substituir o piso da sala e quartos por laminado, piso de madeira ou porcelanato vai deixar os ambientes com cara de “casa nova”. Mais importante ainda é a troca de azulejos quebrados no banheiro. Se possível, troque o revestimento todo, pois rejuntes encardidos e manchados passam a impressão de que o imóvel à venda está “jogado às traças” e certifique-se de que as instalações hidráulicas como descargas e torneiras estejam funcionando bem.

Invista em pequenas reformas

“Dependendo do tamanho da casa, pequenas obras podem dobrar o valor de venda do imóvel”, acredita a arquiteta Paula Ferraz, do escritório Cavalcante Ferraz Arquitetura e Design. A pintura é o mais básico, o mais indicado é usar cores neutras e claras. Além de dar uma ideia de amplitude, tons mais suaves possibilitam que o novo proprietário possa deixar uma parede colorida ou fazer uso de texturas.

Para sair do básico, o vendedor pode fazer um rebaixamento de gesso sem moldura. “Assim, é possível que as luminária sejam embutidas no teto, o que é mais bonito”, afirma a arquiteta. A moldura é algo pessoal, tem gente que gosta de curvas mais clean, outros que preferem mais rococó. “Com o rebaixamento de 15 centímetros de gesso é possível abrir a estrutura apenas onde os fios e lâmpadas vão passar, não é preciso mexer na estrutura da casa, é mais prático.”

Prepare a casa para visitas de possíveis compradores

Assim como a moldura do gesso, outros detalhes pessoais devem ser deixados de fora. Quando a casa ou apartamento for aberto para a visitação de compradores interessados, evite a exposição de itens muitos pessoais como fotografias. “As mudanças devem ser feitas pontualmente, nos itens mais funcionais.” A decoração fica a cargo do gosto pessoal do próximo morador.

O aspecto estético geral do imóvel à venda também deve ser bem cuidado. Fazer uma boa arrumação e faxina antes da temporada de visitas assegura que o lugar esteja mais apresentável. Outro ponto importante é a valorização da mobilidade. A disposição dos móveis tem que valorizar a circulação pelo imóvel. Uma decoração específica para apartamentos pequenos, por exemplo, ressalta o potencial do imóvel e minimiza o fato de o tamanho ser reduzido.

As torneiras não só do banheiro e da cozinha, mas também da área de serviço, ajudam a valorizar o bem. “É possível até trocar a cuba do banheiro, colocar uma mais diferente e trocar a pedra do tanque, colocar uma de granito com espaço para um armário inferior”, explica Paula.

No mínimo, limpo e em bom estado

Se não der para trocar tudo, mantenha o que estiver em bom estado e limpe o que estiver sujo. “Tem gente que leva embora as luminárias e espelhos dos banheiros. se forem itens neutros eles agregam funcionalidade ao lugar.” Isso vale ainda para aquecedores a gás ou chuveiros elétricos. Quando o comprador percebe que o imóvel já está pronto para mudar e ele sabe que não vai precisar perder tempo com pequenos reparos, isso faz toda a diferença.

Em um segundo momento, o vendedor pode instalar ou manter armários embutidos nos quartos e cozinha. “O comprador vai valorizar isso de já estar presente sem ter que desembolsar muito. A desvantagem é que pode limitar um pouco a distribuição das outras peças pelo quarto porque pode determinar um layout que o novo proprietário não quer usar.”

Menos é mais

Além da arrumação e da faxina, é bom repensar alguns cômodos e móveis. Se o lugar tem varanda, por exemplo, o ideal é tirar o excesso de coisas e deixar só algumas cadeiras e uma mesa. Desse modo, os visitantes a verão como uma extensão da sala ou um cômodo a mais do imóvel à venda. Ela deixar de ser o “canto da tralha” e se transforma em um lugar de aproveitamento do espaço.

Não é só o visual que conta aos potenciais compradores do imóvel. Odores, mesmo que de comida, podem dar ideia de que o imóvel não é lá muito arejado. A solução é não fazer frituras no dia da visita e usar aromatizantes de ambiente suaves. Velas aromáticas funcionam e podem dar uma luminosidade aconchegante ao cômodo. Pequenos arranjos de flores são bonitos e discretos.

Uma nova forma de negociar imóveis

Tem um imóvel para vender? Gostaria de receber mensagens de pessoas interessadas em comprar seu imóvel, agendar visitas e economizar 6% em comissões ao fechar negócio? Só na ProprietárioDireto, onde o vendedor e o comprador se encontram.

 

Captura de Tela 2014-08-30 às 01.11.54